quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Saúde Frugal e Frugivorismo na Trip

O carioca Eduardo Corassa, frugívoro há 9 anos, conta que come frutas - muitas, diga-se - durante o dia e à noite opta por saladas bem servidas. "Antes de ir para a faculdade, como 22 bananas, às vezes meia melancia, varia muito. À noite, faço uma salada caprichada com alface, brócolis, abobrinha e outras verduras. Também consumo castanhas e algumas frutas desidratadas", conta à Trip. Em seu blog, Saúde Frugal, também ensina receitas frugívoras.
Desde que adotou a dieta, Eduardo se tornou uma referência no Brasil e viaja pelo país para divulgar o estilo de vida saudável, livre de alimentos cozidos e de origem animal. Já são 5 livros publicados, entre eles “Saúde Frugal - O guia ao Crudivorismo e à Higiene Natural” e “Revolução Vegana”, onde defende a causa animal e também explica porque abandonar o fogão.
Antes da mudança de vida, era chegado em fast food, não fazia exercícios e, por conta disso, acumulava problemas de saúde. “Eu não me sentia bem e percebi que meus hábitos estavam colaborando para isso. Como a medicina tradicional não trouxe resultados, resolvi procurar alternativas e fui muito bem sucedido”, conta.

Leia na íntegra no site:

http://revistatrip.uol.com.br/so-no-site/reportagens/frugivorismo-adeptos-da-dieta-falam-sobre-beneficios-da-comida-crua.html