quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Karezza Arcano sexo tântrico branco amando para sempre relacionamento sem desgaste

Queridos leitores, algumas citações retiradas do meu próximo livro, do capítulo em relação ao Karezza. Espero que goste e leiam meu último post sobre o Karezza para entenderem melhor.


“Aqueles que negam que a diferença nos alimentos torna alguns comedidos e outros dissolutos, alguns castos e outros incontinentes, alguns modestos e outros conspícuos, deixe eles, eu digo, os que negam esta verdade virem a mim, deixe eles seguirem minhas direções em relação a comer e beber e eu prometo a eles que seus poderes mentais serão aumentados, e que eles irão adquirir mais genialidade, mais memória, mais prudência e aplicação.” Galeno, médico da Grécia antiga.

 “Ao se casar, nenhum homem deveria se prostituir, deveriam ficar com aquelas que eles amam, se a mulher fosse metade da tentação que era antes do ato, do que após.” Antologia da Grécia antiga 111333111

“O horror que a literatura anciã via a vão perda de fluído vital (sêmen) não era uma superstição nascida da ignorância. Com certeza é um crime para um homem jogar fora sua mais preciosa possessão.”  Mahatma Gandhi 1

“A evolução não liga para felicidade, fidelidade ou companheirismo para a vida toda” Will Robinson, coautor do livro, The Cupid`s Poisoned Arrow. 

“É você um prisioneiro do amor, que não consegue se afastar devido aos seus meigos sentimentos? Vá! Curta sua mulher se entregando completamente, noite e dia. Deixe a repulsa ser sua enfermidade. Até mesmo quando você achar que já teve o suficiente, continue até você estar acabado e a superabundância destrói o amor, extinguindo o prazer em estar na  companhia dela.” Poeta Ovídio, há 2000 anos, sem o conhecimento científico do desequilíbrio hormonal, sintomas e alterações psicológicas causadas pelo orgasmo, em seu livro,  Remedia Amoris “A cura para o amor”


“Se você praticar sexo sem emissão, exercitar o auto-controle e a calma da paixão, o amor na verdade aumenta.” Chineses The earlier Chinese Classic of Su Nu states,

“Amantes que usam seus orgãos sexuais, simplesmente, como servos de suas naturezas espirituais, abstendo-se do clímax, a não ser quando desejarem procriar, regozijarao a mais alta benção do companheirismo sexual por qualquer duração de tempo, sem saciedade ou exaustão, e, portanto, a vida de casado torna-se permanentemente mais doce que o cortejo ou a lua de mel”. John Humprey Noyes, em seu livro Male Continence 222